História do Minho

 

O Minho é uma antiga província (ou região natural) portuguesa, formalmente instituída por uma reforma administrativa havida em 1936. No entanto, as províncias nunca tiveram qualquer atribuição prática, e desapareceram do vocabulário administrativo (ainda que não do vocabulário quotidiano dos portugueses) com a entrada em vigor da Constituição de 1976. É desta região que vieram a maior parte dos portugueses que colonizaram o Brasil a partir do século XVIII

Limitava a Norte e a Nordeste com a Galiza, na Espanha (províncias de Pontevedra e Ourense, respectivamente), a Este com Trás-os-Montes e Alto Douro, a Sul com o Douro Litoral e a Oeste com o Oceano Atlântico.

Era então constituída por 23 concelhos, integrando a totalidade dos distritos de Braga e Viana do Castelo. Tinha a sua sede na cidade de Braga.

Distrito de Braga: Amares, Barcelos, Braga, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Esposende, Fafe, Guimarães, Póvoa de Lanhoso, Terras do Bouro, Vieira do Minho, Vila Nova de Famalicão, Vila Verde.

Distrito de Viana do Castelo: Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte do Lima, Valença, Viana do Castelo, Vila Nova de Cerveira.

Se ainda hoje a província em causa existisse, contaria provavelmente com 24 municípios, posto que foi entretanto criado um novo concelho, na área do distrito de Braga: Vizela (em 1997, por secessão de Guimarães).

Para alguns geógrafos, esta província, em conjunto com o Douro Litoral, formava uma unidade geográfica maior: o Entre Douro e Minho.

Por outro lado, podia dividir-se em duas regiões: o Alto Minho, correspondente ao distrito de Viana do Castelo, e o Baixo Minho, correspondente ao distrito de Braga.

Actualmente, o seu território encontra-se na região estatística do Norte, repartindo-se pela totalidade das subregiões do Minho-Lima e do Cávado, e parcialmente pelas subregiões do Ave (concelhos de Fafe, Guimarães, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Vila Nova de Famalicão e Vizela) e Tâmega (dois concelhos das Terras de Basto, a saber Cabeceiras e Celorico de Basto).

Veja a História na sua totalidade, clicando no link abaixo:

 

História do Minho.pdf (3,5 MB)

 

Comentários

weleelelelelel

Data: 02-12-2019 | De: piça na boca

ide todos poh caralhoooooooooo

Re:weleelelelelel

Data: 24-01-2020 | De: No cu da tua me

poh caralhooooooooooooooooooooo seu tragalho!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ref. Informação sobre cidadania

Data: 23-09-2019 | De: Andréa Minhoto

Bom dia,
me chamo Andréa e sou da familia Minhoto, que veio ai de Minho. Gostaria de obter informações sobre a familia e se há a possibilidade de conseguir a cidadania.
Favor enviar email com informações para :
dea_minhoto@hotmail.com

grata

Bandeira da Brigada do Minho

Data: 04-06-2019 | De: Conde e Duque Dom Moyses Barbosa

Boa Noite. Importante este site. Muito bom. .Sou Bispo, Escritor e Jornalista. Necessito da imagem da imagem da Bandeira da Brigada do Minho para meu site. Não achei. Faço o credito nas publicações. A Bandeira que esteve na França bordada pela filha do General (ou Coronel) Barbosa. Aguardo. Desde já agradeço, Abraços.

Re:Bandeira da Brigada do Minho

Data: 04-06-2019 | De: Dom Moyses Barbosa.

complementando Meu site é: www.pastormoysesbarbosa.com

Re:Re:Bandeira da Brigada do Minho

Data: 09-01-2020 | De: Ola

O teu site é uma merda aprende a fazer sites burro velho do caralho

Re:Re:Re:Bandeira da Brigada do Minho

Data: 24-01-2020 | De: winds

acertou mizeravi!!!!!!

Re:Bandeira da Brigada do Minho

Data: 09-01-2020 | De: Olá

Deves ganhar pouco dinheiro pa bispo jornalista e escritor grande fdp que tu és pa rico docaralho virgem

..

Data: 24-10-2018 | De: MCRATO

FILHOS DA PUTAAAAA!

Re:..

Data: 25-12-2018 | De: Miranda

Crato distrito Portalegre....
Ó puto!!
Tem vergonha.

<< 161 | 162 | 163 | 164 | 165 >>

Novo comentário